dez 22

Como líder no segmento de ônibus no Brasil, a Mercedes-Benz segue desenvolvendo as melhores tecnologias para deixar a sua viagem cada vez mais segura e confortável. Descubra todos os detalhes abaixo:

Imagem inline 5
 
O EBS Electronic (Electronic Brake System) é um sistema de controle eletrônico dos freios. As funções ABS e ASR ficam subordinadas à ação do EBS. O sistema também gerencia os outros sistemas auxiliares de freio, como freio-motor, top brake e retarder. O sistema ainda consegue identificar a necessidade de esforços de frenagem em cada eixo, distribuindo de forma eficiente a frenagem do eixo dianteiro e do eixo traseiro. O EBS distribui a frenagem em cada roda, permitindo o desgaste por igual da guarnição do freio e otimizando a manutenção do sistema de freios
 
 
 
Imagem inline 7
 
ASR – Sistema de controle de tração O ASR (Anti-Slip Regulation) é um sistema de controle de tração, também conhecido como sistema de controle antipatinagem. Sua principal função é permitir que o veículo arranque ou acelere em pisos escorregadios ou molhados sem que as rodas patinem. O sistema proporciona maior segurança (evita perda de aderência) ao veículo e condutor e menor desgaste dos pneus e, quando necessário, inicia o controle da aceleração do motor e também pode realizar o travamento da roda rapidamente até o nível adequado, evitando a patinação. 
 
 
Imagem inline 1
O top brake e o freio-motor são sistemas auxiliares que se aproveitam da potência do motor como força de frenagem. São sistemas de freio auxiliar que devem ser empregados tanto em frenagens prolongadas em longos declives como para desacelerações em tráfego normal. Em longos declives, a utilização do top brake poupa o freio de serviço, assegurando sua total eficiência em caso de eventuais emergências. Reduz o consumo de combustível, preserva os freios e pode reduzir riscos de acidente, já que aumenta a eficiência de frenagem do ônibus.
 
 
 
Imagem inline 2
Com quatro raios e dois conjuntos de botões, um em cada lado, o novo volante multifuncional conta com teclas de acionamento para os comandos do painel de instrumentos. As teclas de acionamento do volante multifuncional foram desenvolvidas pela Mercedes-Benz do Brasil para facilitar a navegação no novo painel de instrumentos. Agora, todos os comandos estão ao alcance dos polegares, tornando a direção ainda mais segura e ergonômica. Também temos a opção de acabamento do volante com revestimento sintético similar ao couro.
 
 
Outros itens de segurança e tecnologia dos ônibus Mercedes-Benz
A mais completa linha de ônibus ainda conta com outros diferenciais, como o novo painel de instrumentos, freios a disco, eixo traseiro direcional ERA, câmbio automatizado Mercedes PowerShift GO 240, câmbio automático, coluna de direção regulável com comando pneumático, retarder, tacógrafo digital, extração de dados de telemetria, fleetboard e muito mais.
 
 
Segurança. Prioridade máxima. 
A segurança é um atributo mundial dos veículos da Mercedes-Benz, pioneira e líder em desenvolvimento tecnológico. Os ônibus da marca estão sintonizados com as tendências de segurança no trânsito e recebem cada vez mais recursos tecnológicos que garantem melhor operação, combinando diversos sistemas inteligentes de frenagem e de segurança.
 
 
Sistemas Avançados de Segurança e Tecnologia:
 
 
Imagem inline 3

O AEBS (Advanced Emergency Braking System) é um dos principais itens de segurança dos ônibus rodoviários Mercedes-Benz. Quando o sistema inteligente detecta uma situação de risco, ele reduz a velocidade por meio de recursos avançados de frenagem, avaliando a distância e a velocidade dos veículos à sua frente. Identificado o risco de colisão, o sistema emite um alerta visual e sonoro e, caso não haja intervenção do motorista, faz uma frenagem parcial e, se for necessário, realiza uma frenagem de emergência. O sistema AEBS intervém em caso de colisão iminente com veículos em movimento e parados na via, reduzindo então o risco de colisão. Se o motorista intervier, como, por exemplo, acionar o pedal de freio ou acelerar, o sistema será desabilitado e devolverá o controle total ao motorista. Esse avançado sistema ativo de segurança pode ajudar a reduzir ao mínimo o risco de colisão durante situações críticas ou mitigar bastante suas consequências.

Imagem inline 4

O LDWS (Lane Departure Warning System) é um sistema de orientação de faixa de rolagem que detecta mudança de faixa não intencional. Se o ônibus passar as faixas demarcadas, o motorista será alertado. Por meio de uma câmera montada no para-brisa, detecta a posição do ônibus em relação às faixas de sinalização da via acima de uma velocidade preestabelecida. Esse sistema gera um alerta sonoro e visual que avisa o motorista se o veículo se move para fora da via sem o movimento intencional, aumentando a segurança de circulação.

Imagem inline 2

Para maior comodidade do motorista, o piloto automático é um sistema que permite a limitação de velocidade, além de manter a velocidade predefinida. Por meio de uma alavanca, o motorista pode determinar a velocidade máxima que deseja atingir. É uma função interessante para auxiliar o motorista a sempre estar na velocidade permitida da via, tanto em trechos urbanos quanto rodoviários. A velocidade pode ser definida na mesma alavanca, o piloto automático mantém a velocidade constante conforme predefinição do motorista, função muito utilizada nas rotas rodoviárias, trazendo praticidade e conforto na condução do ônibus. A função é desabilitada caso o motorista acelere ou realize a frenagem.

Imagem inline 3

O TPMS (Tire Pressure Monitoring System) é um avançado sistema de monitoramento da pressão e da temperatura dos pneus que se destaca pela praticidade de verificação dessas informações no painel de instrumentos do ônibus, sendo facilmente identificadas. O sistema é composto de um sensor montado no interior de cada roda (exceto a reserva), próximo ao bico de enchimento do pneu, e de antenas posicionadas em locais predefinidos no chassi, além de um módulo eletrônico. Com esse inovador sistema, pode-se ter uma melhor vida útil dos pneus, mais eficiência no consumo de combustível e maior segurança na estrada para os passageiros, motorista e demais veículos.

Imagem inline 7

Suspensão pneumática controlada eletronicamente – ECAS (Electronically Controlled Air Suspension). Por meio da suspensão pneumática integral, o veículo fica constantemente nivelado em relação ao solo, garantindo excelentes níveis de conforto e estabilidade. Além disso, há menor transferência de solavancos para a estrutura do chassi, o que resulta em maior vida útil do veículo. O ECAS permite diversos controles, como os de altura e rebaixamento da suspensão; elevação do veículo, a fim de auxiliar nas transposições de obstáculos e no embarque e desembarque de passageiros onde não há plataformas específicas. O sistema antitombamento visa atender à norma ECE-R 107, na qual um veículo completo e carregado deve manter atrito do pneu com o solo, sem tombamento, a uma inclinação mínima de 28 graus.

Imagem inline 8

O ESP (Electronic Stability Program) é um sistema ativo para aumentar a segurança na condução do veículo e sua estabilidade. Monitora constantemente o esterçamento da direção, velocidade do veículo,inclinação da carroceria, aceleração transversal e longitudinal do veículo. Contribui significativamente para reduzir o risco de derrapagem em curvas ou em manobras bruscas.

Imagem inline 9

O ABS (Anti-Lock Braking System) é um sistema de antitravamento das rodas. Quando o pedal de freio é acionado fortemente, evita que a roda bloqueie e entre em derrapagem. Assim, evita-se o descontrole do veículo, permitindo que obstáculos sejam desviados enquanto se freia. Quando a velocidade da roda cai muito em relação ao veículo, ou seja, na iminência do travamento, o sistema envia sinais para as válvulas do sistema de freio, aliviando a pressão. O ABS irá reduzir significativamente as chances de derrapagem e uma subsequente perda de controle.

 

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>