Mercedes-Benz Bus Club

Conteúdo para quem é apaixonado por ônibus

Walter Barbosa explica como a tecnologia trabalha a favor do custo operacional.

As renovações de frotas já apresentam mais intensidade no segmento urbano, rodoviário e fretamento. Em consequência disso, a tecnologia demonstra indicativos de crescimento surpreendentes. Os empresários e os gestores de transporte enxergam e reconhecem os benefícios e vantagens das inovações para rentabilidade da operação e para o conforto e produtividade dos motoristas.

Os avanços tecnológicos dos motores e trens de força dos ônibus trazem mais ganhos em termos de eficiência, consumo e manutenção, além de reduzir custo operacional e otimizar o TCO (custo operacional total verificado ao longo de toda a vida útil do veículo).

Tecnologias que tem por objetivo reduzir o consumo de combustível já são realidade em frotas de ônibus no Brasil, entre elas: o sistema de desligamento automático do motor e sistema de recuperação de energia elétrica. O que reduz não somente o consumo, mas também as emissões de poluentes, contribuindo assim para a melhoria da qualidade do ar.

Por outro lado, o sistema de desligamento automático do motor contribui para conscientização do motorista quanto à necessidade de desligar o motor se o veículo ficar parado por um tempo prolongado.

Por falar nos motoristas, as tecnologias de auxílio à condução tornam sua jornada mais confortável, segura e produtiva. Já é possível, por exemplo, equipar ônibus rodoviários com piloto automático adaptativo, sistema de frenagem de emergência, sistema de aviso de faixa, controle eletrônico de estabilidade, freios eletrônicos e muito mais.

Em suma, o reconhecimento à importância da tecnologia no dia a dia do transporte de passageiros motiva os fabricantes do setor a continuar buscando soluções para hoje e também para o futuro, afinal, transporte, mobilidade e sustentabilidade ambiente caminham lado a lado.

Comentários

Cristiano 28/02/2019 19:03

Parabéns, para equipe da Mercedes, sempre pensando nos usuários, condutor, comprador e no meio ambiente.

Mercedes-Benz 28/02/2019 19:39

Muito obrigado pela mensagem e pelo carinho, Cristiano! Tenha uma ótima semana, abraço.

Gilberto Caldeira dos santos 28/02/2019 19:52

Sou motorista Rodoviário a 35 anos e trabalho na empresa viação Novo Horizonte e gostaria de ter uma oportunidade na Mercedes Benz de conhecer pessoalmente as tecnologias dos novos ônibus e operacionais e de direção econômica para aplicar na empresa que trabalho. Aguardo. .Obrigado.

Gilberto Caldeira dos santos 28/02/2019 19:52

Sou motorista Rodoviário a 35 anos e trabalho na empresa viação Novo Horizonte e gostaria de ter uma oportunidade na Mercedes Benz de conhecer pessoalmente as tecnologias dos novos ônibus e operacionais e de direção econômica para aplicar na empresa que trabalho. Aguardo. .Obrigado.

Mercedes-Benz 28/02/2019 20:59

Oi, Gilberto! Obrigado por seu interesse pelos treinamentos de nossa Marca! Por intermédio do link a seguir, você poderá obter mais informações sobre os cursos disponíveis. www.mercedes-benz.com.br/caminhoes/servicos-e-pecas/treinamentos Caso você tenha interesse em receber mais detalhes sobre as datas e valores dos cursos e treinamentos oferecidos pela Mercedes-Benz e já seja um cliente da Marca, por favor, poderia nos fornecer os dados abaixo: - CPF ou CNPJ - Nome Completo ou Razão Social - Endereço completo (com CEP) - 2 telefones para contato - E-mail - Concessionário do qual é cliente Encaminharemos os seus dados para a área responsável, que fará contato com você para passar mais detalhes sobre o tema. De toda forma, estamos te encaminhando o manual de condução econômica por e-mail. Abraço.

Jairo O Salles 28/02/2019 20:01

Só falta pararem de produzir chassis para ônibus com o famigerado motor dianteiro que tanto prejudica os motoristas com calor e barulho além de prejudicarem também a entrada de passageiros pela dianteira diminuindo o espaço.

Mercedes-Benz 28/02/2019 21:09

Olá, Jairo! A Mercedes-Benz produz apenas os chassis para ônibus, que consiste em toda a parte mecânica do veículo: motorização, caixa de marchas, freios, suspensão, etc. O cliente tem a opção de escolher qual chassi atende suas necessidades e qual empresa especializada irá fazer o encarroçamento. Sendo assim, qualquer dúvida ou sugestão relacionada à carroceria e suas características, como assentos, janelas, posição das portas e outros detalhes externos, devem ser tratadas diretamente com a empresa encarroçadora que irá executar o serviço. Abraço!

Odmar Feitosa 28/02/2019 22:45

Sem duvida nenhuma a MBB tem a mais completa linha de chassis p/ ônibus com o também menor custo operacional. O produto é diferenciado.

Mercedes-Benz 01/03/2019 10:42

Obrigado pelo comentário e pelo elogio, Odmar! Sua mensagem mostra que estamos no caminho certo! Abraço e um ótimo dia!

Thiago Andrade 28/02/2019 22:59

Olá gostaria de ter um contato de um representante/vendedor da empresa, precisamos trocar nossa frota

Mercedes-Benz 01/03/2019 10:47

Bom dia, Thiago. Obrigado pelo interesse! Através do link http://scup.it/j2a5 você tem acesso aos contatos de nossos concessionários. Nossos consultores poderão auxiliá-lo com os modelos indicados para sua necessidade, como também as formas de aquisição ;). Se preferir, podemos solicitar ao consultor de vendas que o contate com todas as informações, sem compromisso. Caso queira é só registrar seus dados em http://scup.it/ldag e aguardar um retorno. Abraço!

Alman Ribeiro 07/03/2019 23:27

Olá! Gostaria de um esclarecimento,por gentileza. O que faz om Ônibus subir bem uma ladeira,o torque ou potência? Obgd

Mercedes-Benz 08/03/2019 08:54

Bom dia, Alman. A Mercedes-Benz busca produzir veículos que façam uma excelente relação entre torque, resposta do motor, consumo econômico, potência, durabilidade dos componentes e baixa emissão de poluentes. Assim, o desempenho de um veículo não corresponde exclusivamente ao torque que ele possui, pois todos os aspectos acima são levados em consideração e cada dado técnico contempla uma série de características importantes para corresponder às capacidades informadas pela fábrica, de acordo com as diversas aplicações existentes no Brasil. Abraço e obrigado pelo comentário!

Veja também no BusClub