Mercedes-Benz Bus Club

Conteúdo para quem é apaixonado por ônibus

Modelos inesquecíveis e muita história dos antigos ônibus Mercedes-Benz. Porque os clássicos nunca morrem.

Quando tudo começou
Os primeiros ônibus foram criados por Karl Benz e Gottlieb Daimler em 1895, menos de 10 anos antes do primeiro automóvel. Derivado de um Landau, também criado por Karl e Gottlieb, tinha capacidade para até 8 passageiros e percorria a distância de 15 quilômetros entre Siegen, Netphen e Deutz. Foi um início difícil para este ônibus, as estradas eram precárias, os motoristas eram inexperientes e o tempo ruim também dificultava a jornada.

Apesar dos percalços, a ideia de um transporte de passageiros não foi deixada para trás. E foi assim que em 1905 deu-se início ao transporte público em Berlim, na Alemanha. Em 1910 os primeiros ônibus de luxo surgiram, com poltronas estofadas, janelas basculantes e calefação, para suportar o clima frio da Alemanha.

Na década de 1920, após a 1ª Guerra Mundial, os ônibus entraram em crescente. Com a introdução do motor a diesel, os freios a ar comprimido e o chassi de estrutura baixa deram mais conforto e segurança às viagens, conquistando cada vez mais usuários e adeptos. Nos anos 1930 começou a diferenciação entre os ônibus urbanos e os rodoviários. Com estradas melhores e velocidades cada vez maiores. Mas foi em 1953 que o primeiro ônibus monobloco surgiu, usando a mesma tecnologia dos aviões. Essa tecnologia é utilizada até hoje.

Os primeiros ônibus nacionais
O primeiro chassi encarroçado nacionalmente foi o L-312, em 1956. Modelo este que teve estreia em 1953 e teve seu ciclo de produção encerrado em 1959. Em 1958 foi lançado o modelo O-321, primeiro monobloco do Brasil, que se tornou padrão de qualidade com seus avanços tecnológicos. Este modelo rodou durante quase 20 anos, tornando-se assim um dos clássicos da Mercedes-Benz.

Em 1966 surgiu o O-326. Sua potência superior deixou o transporte no Brasil mais eficiente. Esse modelo teve seu último ônibus produzido em 1974.
Outro modelo de destaque foi o LO-1112. Produzido entre 1968 e 1973, foi um dos clássicos que deixou saudades. Era conhecido por sua beleza, seu estilo e suas formas, pois chamava atenção por onde passava.

A crescente dos anos 1970
Após o encerramento da produção do O-321 em 1969, que totalizou 9.334 unidades produzidas, a Mercedes-Benz deu início à produção do O-355 em 1972, sendo o primeiro motor de 5 cilindros. Em 1973 foi a vez do O-362, o primeiro motor a diesel com turbo.

Em 1974, a Mercedes-Benz conseguiu a marca de 20 mil unidades de ônibus monoblocos, produzidos na unidade de fabricação de São Bernardo dos Campos. Três anos depois conseguiu o marco histórico de 500 mil motores a diesel produzidos.

No fim da década de 1970, mais precisamente em 1978, a Mercedes-Benz lançou a família O-364, que contava com as versões 11R urbano, o 12R e o 13R rodoviário. O O-364 foi um dos modelos que ficaram para a história da Mercedes-Benz. Sua produção foi encerrada em 1987.

A chegada da modernidade
Nos anos 1980, a Mercedes-Benz lançou o O-370. Sua família utilizava o mesmo padrão de fabricação europeia, com arrefecedor de ar-condicionado e motor turbodiesel. Foi introduzido em 1984 e teve seu ciclo ativo até 1987. Foi substituído pelo modelo O-371, um dos ônibus com maiores avanços tecnológicos da Mercedes-Benz. Avanços estes que ainda podem ser encontrados nos ônibus até hoje, como a ergonomia dos assentos, o indicador de “parada solicitada”, corredores e portas mais largos, que aumentaram o conforto e a segurança dos passageiros. Este modelo foi produzido até 1994 e ainda pode ser encontrado rodando nas ruas e nas estradas brasileiras. Foi o primeiro modelo a se preocupar com o meio ambiente e teve sua versão a gás natural, além do diesel, nos modelos fabricados a partir de 1989.

Anos 1990 em diante
Procedendo o O-371, em 1994 a Mercedes-Benz lançou o O-400, modelo esse que chegou trazendo a fibra de vidro como um de seus componentes da carroceria. Foi nesse modelo que também foi introduzido o freio ABS e que teve os primeiros modelos articulados a partir de 1994. O modelo monobloco foi encerrado em 1996 e deu lugar ao modelo fracionado que sobreviveu até 2004. Esse é um dos modelos que ainda podemos encontrar nas ruas. Pode acabar sendo confundido com o modelo anterior devido às características semelhantes que têm em comum.

Em 2001 o modelo 0-400 foi substituído pelo 0-500. Não mais produzido em monobloco, o O-500 tinha o mesmo painel utilizado nos modelos europeus. Esse modelo você encontra rodando até hoje, em versões mais atuais. Com motor traseiro e suspensão 100% pneumática, conta com as versões rodoviária e urbana. Hoje em dia utiliza a tecnologia de motor BluTec5, que atende a todas as normas do PROCONVE P-7. A legislação foi criada em 2012, mesmo ano em que a Mercedes-Benz lançou 20 versões do modelo O-500, que atendem a todas as necessidades urbanas e rodoviárias para transporte no Brasil.

Com painel digital e mostradores que indicam todas as necessidades do veículo, o motorista fica despreocupado em relação à realização de manutenções básicas do dia a dia. Podendo ter carroceria de até 23 metros de comprimento, suporta o transporte de até 200 passageiros no transporte urbano.

Seu sucessor é o OF-1721, modelo que teve seu início de produção em 2017 e tem potência de 208 CV e PTB de 17 toneladas, que prioriza a economia de combustível, a rentabilidade e a qualidade no transporte.

E aí, curtiu essa viagem no tempo? Até a próxima!

Comentários

Antonio camilo loureiro 18/09/2019 17:36

Aos 15 anos comecei trabalhar na viação gato preto, em São paulo, a frota era composta do 0.321.desde aquele tempo tempo verdadeiro respeito e admiração, passei pelo 0362.0352.0370..até recentemente com 0500..sou um privilegiado.

Mercedes-Benz 19/09/2019 16:43

Que legal, Antonio! Obrigado por compartilhar um pouco da sua história com a gente :) Continue acompanhando nossas novidades por aqui. Abraços!

WANDER Noronha 19/09/2019 14:47

Gostaria de trazer uma exposição de onibus, caminhões e carros antigos para minha cidade, Prado BA. Podemos articular e viabilizar um evento com vocês?

Mercedes-Benz 19/09/2019 16:31

Boa tarde, Wander! Neste caso, nossa sugestão é que nos encaminhe mais informações sobre a parceria/projeto, por intermédio de nosso site, no link http://scup.it/k4h3. Após recebermos a sua mensagem, seus dados serão registrados em nosso Banco de Informações. Abraços!

Camilo de Assis Silva 04/10/2019 06:30

Amei a iniciativa de poder disfrutar de com a esposa percorrer os lugares bonitos do BRASIL.

Mercedes-Benz 04/10/2019 09:56

Valeu pelo comentário, Camilo! Continue sempre ligado em nossas postagens por aqui. Abraços!

Veja também no BusClub