Mercedes-Benz Bus Club

Conteúdo para quem é apaixonado por ônibus

Gestão de frota eficiente: o caminho para aumentar a lucratividade

Quem gosta de ônibus, gosta de cuidar, e os conhecimentos sobre gerenciamento hoje são fundamentais. Como os experientes já dizem, na prestação de serviço de transporte de passageiros, geralmente, a empresa não consegue influenciar no preço cobrado dos passageiros, pois, no caso de transporte público é uma decisão dos gestores públicos e, no caso privado, é necessário ser competitivo. 

Assim, uma boa gestão de frotas é a melhor forma de garantir bons resultados para sua empresa. É o bom gerenciamento dos ônibus e seus motoristas que vão garantir o menor TCO (total custo de operação), ou, custo por quilômetro rodado, fator fundamental para alcançar a maior rentabilidade.

Vamos mostrar como planejar uma gestão de frota eficiente

Escolha do modelo de ônibus - A gestão começa na escolha dos modelos de ônibus mais adequados para a operação e a rota. 

Para a configuração do modelo de ônibus mais adequado, o frotista pode contar com apoio de especialistas das concessionárias, pois são muitas inovações e tecnologias que chegam o tempo todo e estão disponíveis para aumentar a eficiência na gestão da frota.

A tecnologia RKM (módulo de recuperação de energia), por exemplo, é oferecida para os chassis Mercedes-Benz e ajuda no gerenciamento de energia elétrica do ônibus e pode ajudar na redução de consumo de combustível em até 2%, principalmente, em modelos equipados com ar-condicionado e na aplicação urbana, reduzindo assim também, os níveis de emissões.

Outra tecnologia presente nos ônibus Mercedes-Benz é o EIS (desligamento de motor inativo). O EIS tem a missão de evitar um vício bastante comum, o de deixar o motor do ônibus ligado sem necessidade, como na garagem ou em terminais. O sistema é inteligente e somente desliga o motor caso esteja ligado por quatro minutos sem acionamento do acelerador ou do freio de serviço e, por segurança, antes de desligar, são analisadas algumas situações: o freio de estacionamento precisa estar acionado e a transmissão em neutro. Dessa forma, o sistema entende que o ônibus está estacionado e evita desligar o motor em situações, por exemplo, de engarrafamento ou embarque e desembarque de passageiros.

A importância do motorista

A seleção de bons motoristas e o treinamento adequado também vão influenciar no resultado do ônibus. O motorista tem influência direta no consumo de combustível, pneus e demais componentes do veículo, portanto, no custo e redução das necessidades de paradas para abastecimento e manutenção.  

Primeiramente, o que é quais são os itens mais importantes para uma gestão de frota, que na prática, é fazer o gerenciamento de tudo que vai influenciar no custo e garantir maior disponibilidade do veículo para alcançar o menor TCO. Lembre-se que veículo parado é só custo, e, rodando a trabalho é geração de faturamento. 

Hoje há diversas tecnologias para monitoramento do motorista e dos veículos para saber consumo por condutor, por período e por percurso, além da forma de condução, como acelerações e freadas bruscas, curvas em velocidade acima da indicada, uso do freio, embreagens, ponto morto etc. Com os resultados é possível fazer um ranking de motoristas e, assim, colocar o melhor como referência e treinar os demais para o melhor resultado. 

Dessa forma, já se faz a gestão de combustível. É muito importante saber quanto cada veículo consome e ter um referencial e uma meta de economia. Lembre-se que, no caso da gestão de combustível, ela começa deste a compra de uma boa distribuidora ou posto de combustível se for frota pequena, armazenagem e sistemas de abastecimento do ônibus para evitar desperdício. 

Manutenção preditiva - é a forma mais moderna e observe que este conceito é diferente da manutenção preventiva, que é a já programada deste quando o veículo é zero quilômetro. O que significa isso? Com uso de novas tecnologias pode-se detectar os possíveis problemas de componentes e sistemas antes mesmo da realização da manutenção preventiva e, isso, é variável pois depende de tipo de uso, quilometragem diária e modo de condução pelo motorista, que são fatores que podem causar desgastes prematuros de componentes. Para isso alguns equipamentos podem auxiliar no diagnóstico exato, como câmeras termográficas, telemetrias, softwares e testes de vibração para verificar componentes que se desgastam antes da expiração dos prazos estipulados pelo fabricante. 

Manutenção preventiva - é aquela que consta no manual do veículo, como verificação e troca de fluidos, lubrificantes e componentes como filtros, pastilhas ou sapatas de freio etc. 

Manutenção corretiva - é porque não houve a preditiva, preventiva ou houve um incidente no percurso, significando prejuízo certo com a paralisação não planejada do ônibus e, pior, risco de penalidade de órgãos fiscalizadores e do cliente, fora outros aborrecimentos. 

Uma forma inteligente de cuidar da manutenção é considerar uma das alternativas de planos de manutenção, antes disponível somente para caminhões e que já é oferecido para ônibus. Com o plano de manutenção é possível ter previsibilidade de custos e, ainda, ficar mais focado no cliente. 

Gestão de pneus - Para se ter uma ideia da importância do pneu, ele pode ser o segundo ou terceiro item na lista dos maiores custos de uma frota. A boa gestão pode garantir que ele dure mais, tenha até três reformas e ajude na redução do consumo de combustível. Por incrível e mais óbvio que pareça, o descuido com a calibragem continua sendo o fator mais determinante e, ao mesmo tempo, não tendo a atenção necessária. A melhor forma de fazer o correto gerenciamento de pneus é conversar com o fornecedor. Eles contam com especialistas para dar dicas e a avaliar o que deve ser feito em razão o modelo de ônibus e percurso, considerando as características de tipo de piso da rota. Com uso das tecnologias, conseguem visualizar e comprovar onde estão os pontos altos e baixos do desempenho dos pneus do frotista e onde é possível melhorar o rendimento dos pneus. 

Com essas dicas, você poderá ter controle dos principais custos de uma frota de ônibus. Fica ligado aqui no blog Busclub que sempre traremos novidades. 

Comentários

salatiel m.de freitas 17/04/2020 16:20

essas realmente sao dicas muito valiosas.

Mercedes-Benz 17/04/2020 16:53

Que bom que curtiu, Salatiel! Continue ligado em nossos canais e não perca as dicas e novidades! Abraços!

JOSE MARIA FURTADO 04/06/2020 15:44

Boa tarde estou precisando fazer um orçamento de um ônibus com giro flés sirene cor azul noite e com os plotagem da Guarda Civil completo para Guarda Civil Municipal de Linhares com uma emenda do Senador Marco Durval

Mercedes-Benz 04/06/2020 16:13

Olá, Jose! Valeu pelo interesse! Aproveite e faça o seu cadastro no site http://scup.it/n1ej para receber informações sobre o seu interesse. Através do seu acesso a plataforma de Showroom virtual, você conseguirá verificar os estoques de caminhões, ônibus e vans do concessionário de sua região e interagir com o vendedor. Se preferir, você pode entrar em contato pelo telefone através do link: https://scup.it/n2wr. Abraço!

Veja também no BusClub